Zouk

Aspectos Gerais

A música Zouk nasceu nas Ilhas de Guadalupe, Martinique, Santa Lucia e Dominica. Colonizadas por franceses e ingleses, o Zouk é cantado na sua maioria em Creòle (combina ritmos das pequenas antilhas, pop. dos EUA e França, percussão africana e sons nativos), com dialeto francês.
No Caribe o Zouk como dança difere do que temos no Brasil, pois o que se dança aqui é uma variação moderna da Lambada ao som do Zouk.
É dançado com movimentos contínuos, de muita ondulação, com giros e cambrés, que resultam num passeio em liberdade melódica, com respiração nas pausas musicais.

A Lambada é um ritmo eminentemente brasileiro resultante da fusão do Forró (nordestino), Carimbo¹ (paraense), Cumbia ² e Merengue (latinos).
Nasceu no nordeste, desenvolveu em Porto Seguro e estourou no país todo com o sucesso do grupo Kaoma, em 1989, com a música "chorando se foi", uma adaptação para a Lambada.
A Lambada como música saiu de moda cedendo lugar para outros ritmos latinos, mas a vontade de dançar não morreu. Foi aí que o Zouk surgiu como música alternativa para se dançar a Lambada.

¹ Carimbó - dança que surgiu da necessidade que os negros escravos sentiam de se divertir. É dançado principalmente no estado do Pará, possuindo três estilos: praieiro (zona atlântica do Pará), pastoril (em Marajó) e rural (baixo amazonas).
É uma variação do Batuque; e o nome Carimbó aplica-se tanto a dança como a música. A coreografia caracteriza-se como uma Dança de Roda, isto é com formação circular, com homens e mulheres dançando em pares, e que em alguns momentos se separam acontecendo a chamada dança de solista.

² Cumbia - A origem é negra, seu nome provém de Cumbé, dança popular da zona equato-guineana; com instrumentos utilizados pelos índios, como a flauta de milho.
Ë muito popular no Panamá, Venezuela, Peru e em especial na Colômbia, onde é considerada dança nacional.
 

Deixe seu comentário!